quarta-feira, 23 de abril de 2014

Sobre sonhetivos:

O sonho vira um objetivo realizável quando você passa a acreditar que pode alcançá-lo. Quando você traça metas, horários e tem determinação para cumpri-los. É necessário traçar metas que se adaptem ao seu dia a dia, nada que extrapole as suas condições e aptidões pessoais, por isso é tão importante ter autoconhecimento e paciência, estamos fadados a fracassar muitas vezes, mas quem nunca deixa de acreditar em si, descobriu o segredo do sucesso. É essencial colocar os sonhos em terra firme, para que eles sejam plantados em terreno fértil. E assim, possam dar bons frutos. É preciso construir seus objetivos sobre um alicerce de pedra. Porque se esses forem construídos em terreno arenoso, ficam sujeitos a desabar com qualquer ventania. É uma reconstrução diária e o primeiro passo é acreditar que é possível chegar lá, o segundo é dar o primeiro passo!

Boa semana!! 


domingo, 1 de dezembro de 2013

sábado, 1 de junho de 2013



"Amor tem outro cheiro. Outra natureza. Outra frequência. Outro chamado. É para ser luz pra dois, com todas as sombras de cada um."

Ana Jácomo

quinta-feira, 30 de maio de 2013

sábado, 13 de outubro de 2012


“Quer saber o que eu penso? Você agüentaria conhecer minha verdade? Pois tome. Prove. Sinta. Eu tenho preguiça de quem não comete erros. Tenho profundo sono de quem prefere o morno. Eu gosto do risco. Dos que arriscam. Tenho admiração nata por quem segue o coração. Eu acredito nas pessoas livres. Liberdade de ser. Coragem boa de se mostrar. Dar a cara a tapa! Ser louca, estranha, linda, chata! Eu sou assim. Tenho um milhão de defeitos. Sou volúvel. Tenho uma TPM horrível. Sou viciada em gente. Adoro ficar sozinha. Mas eu vivo para sentir. Por isso, eu te peço. Me provoque. Me beije a boca. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio. Vire meu mundo do avesso! Mas, pelo amor de Deus, me faça sentir... Um beliscãozinho que for, me dê. Eu quero rir até a barriga doer. Chorar e ficar com cara de sapo. Este é o meu alimento: palavras para uma alma com fome. Meu coração é minha razão. Essa é a lógica que inventei pra mim.” 

Clarice Lispector